Publicado em 23/12/2013 ás 10h26

Musculação mitos e verdades

-
Creditos: Jornal NovoNegocião

A musculação é uma das modalidades de exercício mais praticada em todo mundo. 

Atualmente, não são apenas os jovens os adeptos desta modalidade, pois a sua importância tem sido reconhecida para idosos, cardiopatas, obesos, diabéticos e até para crianças, desde que com algumas 

adaptações e cuidados. 

Nos dias de hoje, vem-se atribuindo grande importância à musculação devido ao treinamento de força tanto para a manutenção da saúde, quanto para o aprimoramento do desempenho de atletas, o aumento da massa muscular e a reabilitação. Muitos buscam na musculação o aumento de massa muscular, ou seja, hipertrofia do músculo esquelético. O ganho de massa muscular ocorre com o treinamento de força, sendo que, para bons resultados, algumas variáveis devem ser consideradas como volume, intensidade, duração, intervalos, velocidade, frequência e repouso.

 

 

 

A alimentação é outro fator determinante no ganho de massa muscular, podendo chegar a 60% em importância.  Algumas pessoas possuem pensamentos errados quanto à alimentação adequada e saudável, necessária para atingir suas metas. Alimentação saudável deve ser balanceada com carboidratos, lipídios, proteínas (aminoácidos), vitaminas e minerais, somente em alguns casos deve-se realizar o uso de suplementos alimentares que poderão ajudar nesse processo, quando a alimentação sozinha não for suficiente. Vale ressaltar que quem irá determinar a necessidade do uso desses suplementos, qual o tipo e a dosagem é o Nutricionista.

 

 

No entanto, uma parte dos profissionais ligada a este tipo de atividade física ainda apresenta pouco conhecimento ou baseia-se em “mitos”, práticas infundadas e conceitos sem bases científicas quanto aos aspectos fisiológicos e metodológicos relacionados a este tipo de exercício.

Quando se realiza um treino pesado, ocorre ruptura de algumas fibras musculares, são micro lesões que ocorrem em função do esforço. O corpo entende que aquela região onde houve a ruptura é frágil e por isso foi lesionada, sendo assim, para que não ocorra novamente, acrescenta mais tecido àquele local, deixando aquela região mais resistente, com um volume maior, com o objetivo de reduzir o risco de uma nova ruptura no mesmo local.

 

 

Conforme o tecido se torna mais resistente, ele deixa de responder aos estímulos que está habituado e, para se tornar ainda maior e mais hipertrofiado, é necessário que haja a mudança do estímulo a qual pode ser feita através do aumento da sobrecarga, aumento na quantidade de séries, mudança no tipo de exercício e mudança na estratégia do treino.

Nosso corpo tem a necessidade de se manter estável para funcionar corretamente. Sempre que provocamos algum desequilíbrio, conhecido como quebra da homeostase, ele trabalha para restabelecer e evitar que ocorra novamente. É assim que obtém-se os ganhos, melhorando o condicionamento físico, e que se consegue a hipertrofia muscular. 

Quantas séries deve-se fazer e qual carga utilizar? Não existe uma receita, cada um tem um resultado diferente com estímulos diferentes. Nesse sentido, chega-se à pergunta de como treinar corretamente.

Atualmente, os métodos ou sistemas de treinamento são utilizados por profissionais, praticantes de musculação e atletas com o objetivo de intensificar o treinamento e, consequentemente, melhorar os resultados. A utilização de diversos métodos é um dos meios adequados para variar um programa de treinamento e, portanto, evitar platôs. Por outro lado, um dos erros mais comuns na musculação atual é aplicação indevida de métodos, isto é, sem os conhecimentos adequados sobre os mesmos, e tais praticantes acabam por utilizá-los como uma “receita de bolo” com todos os indivíduos. 

 

 

 

Dicas para obter bons resultados com o treino de hipertrofia:

 

Peça para um profissional de Educação Física montar seu treino;

Varie periodicamente o treino. Mude a estratégia, os exercícios, as séries e velocidade de execução, sempre com a orientação de um profissional;

Respeite o descanso entre as séries e entre os treinos;

Não dispense o aquecimento específico;

Alimente-se corretamente, não dispense qualquer tipo de nutriente. De preferência, consulte um nutricionista.

Suplementos nem sempre são necessários. Se pretende tomá-los, faça com a orientação de um profissional, o Nutricionista.

 

Não existe mágica, o resultado depende da sua dedicação. Treine, treine e treine, esse é o segredo do sucesso!

  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • SOL

    R$ 200.000
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • B. ESPERANÇA II

    R$ 400 + IPTU
  • GUARUJÁ - PITANGUEIRAS

    Sob consulta
  • ITAJUBI

    R$ 160.000
  • CORSA 04

    R$ 13.000
  • VILLE DE FRANCE I

    R$ 140.000
  • UNO 11

    Sob consulta

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081