Publicado em 12/02/2018 ás 11h23

EM CASO DE ASSÉDIO DISQUE 180!

Os casos são encaminhados para os órgãos competentes. As peças lembram que roupa não é convite e que carnaval "não é desculpa para assédio e desrespeito".
Creditos: Internet

A Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SPM) reforça neste carnaval a existência da central de atendimento à violência contra mulher. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia. Os casos são encaminhados para os órgãos competentes. As peças lembram que roupa não é convite e que carnaval "não é desculpa para assédio e desrespeito".

Artistas e mulheres de todo Brasil já estão em campanha durante a folia utilizando adesivos pelo corpo para divulgar a campanha contra o assédio. Vale lembrar que a cultura machista impregnada em nossa sociedade prega que Carnaval não é lugar para "mulheres direitas", a partir daí surge a necessidade de lembrar as pessoas que assédio é crime e a mulher precisa ser respeitada em qualquer circunstância. 

Desde 2005, a Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180, funciona em todo o Brasil e auxilia mulheres em situação de violência 24 horas por dia, sete dias por semana. O próximo passo é procurar uma Delegacia da Mulher ou Delegacia de Defesa da Mulher. O Instituto Patrícia Galvão, referência na defesa da mulher, tem uma página completa com endereços no Brasil.

  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • SIENA 12

    Sob consulta
  • CENTRO

    R$ 700
  • TORO 17

    Sob consulta
  • SALTO GRANDE

    R$ 70.000
  • MUSA

    Sob consulta
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • CHRISTONI

    R$ 430.000
  • FOX 14

    Sob consulta

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081