Publicado em 05/06/2018 ás 02h57

Revendedores de gás de cozinha de Ourinhos ainda aguardam a chegada do produto

Envasadoras ainda não conseguiram repor o estoque
Creditos: Alexandre Mansinho

Alexandre Mansinho

Na segunda-feira (4) as revendedoras ourinhenses de GLP (gás liquefeito de petróleo), o popular gás de cozinha, ainda não conseguiram atender os seus clientes – há diversas residências, restaurantes e lanchonetes passando por dificuldades pela falta do produto.

Em Paulínia, cidade da Grande Campinas que abriga diversas envasadoras de GLP, os reflexos da greve dos caminhoneiros ainda não foram superados – por terem ficado vários dias sem poder produzir, mesmo com o retorno ao trabalho dos grevistas ainda não houve tempo hábil para que os estoques fossem repostos – isso é um dos fatores que explicam a falta de GLP em Ourinhos e em todas as cidades da região.

No dia de hoje, 5 de junho, segundo apurado pelo Jornal Negocião, todas as revendedoras de Ourinhos esperam receber o produto, mas ainda não há a certeza de aumento de preço.

  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • MALTÊS

    Sob consulta
  • SOL

    R$ 200.000
  • CHÁCARAS

    R$ 50.000
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • MUSA

    R$ 180.000
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • B. ESPERANÇA II

    R$ 400 + IPTU
  • SAVEIRO 16/17

    R$ 60.000
  • GUARUJÁ - PITANGUEIRAS

    Sob consulta

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081