Publicado em 05/07/2018 ás 08h23

Caso Vitória Gabrielly, de Araçariguama/SP, é esclarecido

com o esclarecimento da motivação do crime, o inquérito deve ser apresentado ao Ministério Público nesta sexta-feira (6).
Creditos: Divulgação TvTem/G1

Da redação

O caso da menina Vitória Gabrielly, encontrada morta oito dias depois de desaparecer ao sair de casa para andar de patins, em Araçariguama/SP. Enfim foi esclarecido. 

A menina foi morta por engano em um acerto de contas por dívida de tráfico de drogas, segundo a Polícia Civil. A hipótese era investigada desde o início do caso e, conforme a polícia, foi confirmada por uma testemunha ouvida no Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa, na capital.

A testemunha, que teve a identidade preservada, disse que recebia ameaças de morte por dever R$ 7 mil a um traficante, e que tem uma irmã com as mesmas características físicas de Vitória. Disse ainda saber que o traficante punia familiares de devedores.

Ainda conforme a corporação, com o esclarecimento da motivação do crime, o inquérito deve ser apresentado ao Ministério Público nesta sexta-feira (6).

O primeiro suspeito preso pela morte de Vitória foi o servente de pedreiro Júlio César Lima Erguesse, de 24 anos, localizado após uma denúncia. O rapaz chegou a dar seis versões sobre o desaparecimento da menina, mas de acordo com o delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, "o núcleo dos depoimentos, o itinerário", sempre foi o mesmo.

(Fonte: G1)

  • JOSEFINA

    R$ 160.000
  • RANGER 09

    R$ 32.999
  • TV

    R$ 200
  • SIENA 12

    Sob consulta
  • CRUZE 12

    R$ 45.000
  • PUNTO 13

    Sob consulta
  • MUSA

    Sob consulta
  • ***DEPILAÇÃO/ DESIGNER SOBRANCELHA

    Sob consulta
  • VILLE DE FRANCE

    R$ 110.000
  • VL. VILAR

    R$ 170.000

Renovação de anúncios classificados gratuitos.

Até quarta-feira às 18:00h.

Fechamento de edição para novos classificados.

Até quarta-feira às 12:00h.

Fone (14) 3324-1600

R. Antônio Carlos Mori, 504 - Centro,
Ourinhos - SP, 19900-081